29 setembro, 2005

Série Territórios Autônomos Explorados por facções Imperialistas de Países Opressores 10 - Ilha Perejil



Com a fantástica superfície de 1,5 km², e localizada a 200 metros (metros, não quilômetros ou milhas) da costa marroquina, a ilha Perejil foi palco de um incidente de proporções épicas no ano de 2002, quando os imperialistas marroquinos ocuparam o rochedo desabitado onde só nasce uma espécie de salsinha (perejil, em espanhol) com uma guarnição de 6 soldados. O governo Aznar respondeu rapidamente, enviando à ilha um destacamento de 28 valentes cruzados, apoiados por alguns caças F-18, quatro helicópteros de ataque e algumas corvetas. Deveria ter pedido apoio logístico da OTAN, mas preferiram correr o risco sozinhos e libertar a ilha de seus cruéis invasores africanos.
Hoje, as salsinhas que crescem na pedra podem viver mais tranqüilas, sabendo que os heróicos e valorosos soldados del rei da Espanha estão atentos e vigilantes, para proteger sua liberdade.